Gênesis 7

Olá!!! Sei que esta primeira semana de leitura já teve um impacto positivo em seu dia a dia.

Se você perdeu algum dia, pode procurá-los aqui no mural ou no álbum Leitura Bíblica 2015. Ainda dá tempo!

Eu me alegro todos os dias em ver a quantidade de comentários, perguntas e tantas pessoas envolvidas e entusiasmadas com as revelações e novas descobertas presentes em nossa leitura.

Privilégio nosso ver a Palavra de Deus transformando vidas!

Enquanto milhares de pessoas utilizam as redes sociais para buscar e fazer o que destrói é uma honra pra mim ter você aqui agora comigo buscando a Deus. Obrigada!

Oremos a Deus:

Senhor de toda criação, como é bom falar contigo e ser ouvido. Como é bom ter a liberdade de encontra-lo. Apesar de toda Glória que tens, se importa com nossos pequenos problemas, com nossos dilemas e pecados insistentes. Tuas misericórdias são o grande motivo de não sermos consumidos pela maldade que nos cerca e se oferece continuamente pra nós. Louvado seja Deus porque nos enviou perdão! Louvado seja Deus que viu em nós salvação! Louvado seja Deus que guardou Noé e seus amados porque não é injusto e jamais despreza um coração quebrantado e obediente.
Amamos o Senhor!! Cada dia Mais!!

Gênesis 7 – A ARCA DE NOÉ

Depois o Senhor Deus disse a Noé:

— Entre na barca, você e toda a sua família, pois eu tenho visto que você é a única pessoa que faz o que é certo.

Leve junto com você sete casais de cada espécie de animal puro e um casal de cada espécie de animal impuro. Leve também sete casais de cada espécie de ave para que se conservem as espécies que existem na terra. Pois daqui a sete dias eu vou fazer chover durante quarenta dias e quarenta noites. Assim vou acabar com todos os seres vivos que criei.

E Noé fez tudo conforme o que o Senhor Deus havia mandado.
Noé tinha seiscentos anos de idade quando as águas do dilúvio cobriram a terra.
A fim de escapar do dilúvio, ele entrou na barca junto com os seus filhos, a sua mulher e as suas noras.

Os animais puros e os impuros, os que se arrastam pelo chão e as aves entraram com Noé na barca de dois em dois, macho e fêmea, como Deus havia mandado.

Sete dias depois, as águas do dilúvio começaram a cobrir a terra. Nesse tempo Noé tinha seiscentos anos.

No dia dezessete do segundo mês, se arrebentaram todas as fontes do grande mar, e foram abertas as janelas do céu, e caiu chuva sobre a terra durante quarenta dias e quarenta noites.

Nesse mesmo dia Noé e a sua mulher entraram na barca junto com os seus filhos Sem, Cam e Jafé e as suas mulheres.
Com eles entraram animais de todas as espécies: os domésticos e os selvagens, os que se arrastam pelo chão e as aves. Todos os animais entraram com Noé na barca, de dois em dois.
Entraram machos e fêmeas de cada espécie, de acordo com o que Deus havia mandado Noé fazer.

Então o Senhor fechou a porta da barca. O dilúvio durou quarenta dias.

A água subiu e levantou a barca, e ela começou a boiar. A água foi subindo, e a barca continuou a boiar.

A água subiu tanto, que cobriu todas as montanhas mais altas da terra.

E depois ainda subiu mais sete metros.

Morreram todos os seres vivos que havia na terra, isto é, as aves, os animais domésticos, os animais selvagens, os animais que se arrastam pelo chão e os seres humanos.

Morreu tudo o que havia na terra, tudo o que tinha vida e respirava.
Somente Noé e os que estavam com ele na barca ficaram vivos.

O resto foi destruído, isto é, os seres humanos, os animais domésticos, os animais selvagens e os que se arrastam pelo chão e as aves.

Apenas cento e cinquenta dias depois que a água começou a baixar….

(Gênesis 7:1-24 NTLH)

Difícil imaginar o que eles passaram dentro desta barca. Meses trancados com familiares e animais de todas as espécies… No mínimo um exercício forçado de convivência, tolerância e FÉ…Muita FÉ.

Noé via a certeza de todas as palavras de Deus se cumprindo, a justiça e o renovo se estabelecendo sobre a terra, mas creio que nem por isso se tornava fácil esperar tanto tempo para pisar novamente a terra firme.

Por mais difícil que tenha sido permanecer na arca a recompensa da vida era melhor que enfrentar a fúria de um diluvio.

Fazer o que é certo nem sempre é confortável, mas é SEGURO.

Todos que se perderam no diluvio foram avisados. Mas estavam muito ocupados com seus deuses e suas próprias vidas. Viviam em busca de prazer.

Noé foi diligente e dia após dia vivia comprometido com sua missão. Ninguém deu atenção à ele a não ser sua família. Quando todos entraram na arca e ela se fechou era tarde demais.
Cristo se refere a noé quando fala de sua volta e esse texto fala muito comigo porque tenho plena convicção de que este dia está próximo.

Veja:

“”Jesus continuou, dizendo:

— Mas ninguém sabe nem o dia nem a hora em que tudo isso vai acontecer, nem os anjos do céu, nem o Filho, mas somente o Pai.
A vinda do Filho do Homem será como aquilo que aconteceu no tempo de Noé.

Pois, antes do dilúvio, o povo comia e bebia, e os homens e as mulheres casavam, até o dia em que Noé entrou na barca.
Ninguém deu ouvidos à Noé portanto não perceberam o perigo se aproximar. Veio o dilúvio e todos se perderam.

Assim também será a vinda do Filho do Homem.

— Naquele dia dois homens estarão trabalhando na fazenda: um será levado, e o outro, deixado.

Duas mulheres estarão no moinho moendo trigo: uma será levada, e a outra, deixada.

Fiquem vigiando, pois vocês não sabem em que dia vai chegar o seu Senhor.

(Mateus 24:36-42 NTLH)

Oração: Senhor, livra-nos da desobediência!! Que os prazeres dessa terra não ceguem nossos olhos jamais!
Nos ajuda a ter foco e dedicar nossas forças em amá-lo de todo coração.
Somos o povo da arca da aliança.
O povo que ama sua volta! Faz de Nós a igreja que deseja encontrar. Em nome de Jesus! Amém.

Pastora Bianca Toledo