Gênesis 28

Boa Noite, meus queridos!

As histórias destes dois últimos dias me impactaram muito e hoje vamos continuar falando de Isaque e Jacó, que tantos de nós conhecemos superficialmente, mas Deus nestes dias está nos revelando Sua Palavra com uma familiaridade nova e celestial, capacitando nossa mente a compreender o que antes não compreendíamos.

Ler e compreender a Bíblia pode ser mais simples do que você imaginava! E absolutamente TRANSFORMADOR.

PORTANTO, NÃO DESISTA

Oremos juntos hoje: Pai, somos mesmo falhos e vulneráveis. Mas saber que podemos contar com Suas forças e Seu poder todos os dias em nós mantém nosso coração cheio de esperança.
Fala hoje novamente ao nosso coração. Apressa-te em nos salvar de nossos conflitos e consecutivos erros. Queremos ser iluminados!
Em nome de Jesus, Amém.

Gênesis 28

Então Isaque chamou Jacó, deu-lhe sua bênção e lhe ordenou: “”Não se case com mulher cananéia.

Vá a Padã-Arã, à casa de Betuel, seu avô materno, e case-se com uma das filhas de Labão, irmão de sua mãe.

Que o Deus Todo-poderoso o abençoe, faça-o prolífero e multiplique os seus descendentes, para que você se torne uma comunidade de povos.

Que ele dê a você e a seus descendentes a bênção de Abraão, para que você tome posse da terra na qual vive como estrangeiro, a terra dada por Deus a Abraão””.

Então Isaque despediu Jacó e este foi a Padã-Arã, a Labão, filho de Betuel, o arameu, e irmão de Rebeca, mãe de Jacó e Esaú.

Esaú viu que Isaque havia abençoado a Jacó e o havia mandado a Padã-Arã para escolher ali uma mulher e que, ao abençoá-lo, dera-lhe a ordem de não se casar com mulher cananéia.

Também soube que Jacó obedecera a seu pai e a sua mãe e fora para Padã-Arã.

Percebendo então Esaú que seu pai Isaque não aprovava as mulheres cananéias,

foi à casa de Ismael e tomou a Maalate, irmã de Nebaiote, filha de Ismael, filho de Abraão, além das outras mulheres que já tinha.

Jacó partiu de Berseba e foi para Harã.

Chegando a determinado lugar, parou para pernoitar, porque o sol já se havia posto. Tomando uma das pedras dali, usou-a como travesseiro e deitou-se.

E teve um sonho no qual viu uma escada apoiada na terra; o seu topo alcançava os céus, e os anjos de Deus subiam e desciam por ela.

Ao lado dele estava o Senhor, que lhe disse: “”Eu sou o Senhor, o Deus de seu pai Abraão e o Deus de Isaque. Darei a você e a seus descendentes a terra na qual você está deitado.

Seus descendentes serão como o pó da terra, e se espalharão para o Oeste e para o Leste, para o Norte e para o Sul. Todos os povos da terra serão abençoados por meio de você e da sua descendência.

Estou com você e cuidarei de você, aonde quer que vá; e eu o trarei de volta a esta terra. Não o deixarei enquanto não fizer o que lhe prometi””.

Quando Jacó acordou do sono, disse: “”Sem dúvida o Senhor está neste lugar, mas eu não sabia! “”

Teve medo e disse: “”Temível é este lugar! Não é outro, senão a casa de Deus; esta é a porta dos céus””.

Na manhã seguinte, Jacó pegou a pedra que tinha usado como travesseiro, colocou-a de pé como coluna e derramou óleo sobre o seu topo.

E deu o nome de Betel àquele lugar, embora a cidade anteriormente se chamasse Luz.

Então Jacó fez um voto, dizendo: “”Se Deus estiver comigo, cuidar de mim nesta viagem que estou fazendo, prover-me de comida e roupa, e levar-me de volta em segurança à casa de meu pai, então o Senhor será o meu Deus. E esta pedra que hoje coloquei como coluna servirá de santuário de Deus; e de tudo o que me deres certamente te darei o dízimo””.

Certamente Jacó apesar de ter sido escolhi do por Deus, até este dia ainda não tinha tido uma experiência pessoal com Deus. Apesar de ter um avô Paterno profeta e um Pai temente a Deus, ele parece que não tinha ideia do quanto ser escolhido por Deus atrai tantos benefícios e proporcionalmente tantas responsabilidades.

Isaque por sua vez apesar de ouvir a voz de Deus (“” Duas nações estão em seu ventre[…], mas o mais velho servirá ao mais novo””), escolheu Esaú, sabendo que Deus havia escolhido Jacó.

Isaque parecia confuso, mas Deus nunca se confunde.

Deus continua seus planos, mas agora consertando alguns erros, e infelizmente observando aflições em Isaque, Rebeca, Esaú e Jacó, que poderiam ter sido evitadas pela obediência e submissão de Isaque e sua família.

Cristo certa vez disse:

“” Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.””
João 16:33

Neste comento, Jesus falava das aflições que são atraídas pela verdade e a justiça em um mundo entregue à maldade. Aflições suportáveis e vencidas com Cristo.

Nesta “” cota “” não estão as aflições causadas pela desobediência e a obstinação.

Estas, são formadas pela teimosia e a arrogância humana que insiste em achar que suas idéias são melhores que as de Deus, o criador: o grande idealizador de tudo, inclusive de nós.

[Obstinação: Afeição excessiva às próprias convicções, ideias e pensamentos. Grande persistência para resolver algo ou alcançar algum objetivo; teimosia cega e surda.]

TODO PRINCÍPIO É UM ESCUDO.

Julgar-se mais inteligente que a própria sabedoria é insistir em caminhos que oferecem prazeres momentâneos, benefícios egoístas, e consequências desastrosas.

Mas como evitar tudo isso?

“”… E ele me ensinava e me dizia: Retenha o teu coração as minhas palavras; guarda os meus mandamentos, e vive.

Adquire sabedoria, adquire inteligência espiritual, e não te esqueças nem te apartes das palavras da minha boca.

( OUVIR – MEDITAR – FALAR A PALAVRA DE DEUS VAI BLINDAR SEU INTERIOR!)

Não a abandones e ela te guardará; ama-a, e ela te protegerá.

A sabedoria é a coisa principal; adquire pois a sabedoria, emprega tudo o que possuis na aquisição de entendimento.

Exalta-a, e ela te exaltará; e, abraçando-a tu, ela te honrará.
Dará à tua cabeça um diadema de graça e uma coroa de glória te entregará.

Ouve, filho meu, e aceita as minhas palavras, e se multiplicarão os anos da tua vida.

Apega-te à instrução e não a largues; guarda-a, porque ela é a tua vida.
Não entres pela vereda dos ímpios, nem andes no caminho dos maus.

Evita-o; não passes por ele; desvia-te dele e passa de largo. PORQUE VÃO TE FAZER TROPEÇAR!

Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito.

O caminho dos ímpios é como a escuridão; nem sabem em que tropeçam.

Filho meu, atenta para as minhas palavras; às minhas razões inclina o teu ouvido.
Não as deixes apartar-se dos teus olhos; guarda-as no íntimo do teu coração.

Porque são vida para os que as acham, e saúde para todo o seu corpo.

Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida.

Desvia de ti a falsidade da boca, e afasta de ti a perversidade dos lábios. Os teus olhos olhem para a frente, e as tuas pálpebras olhem direto diante de ti.

Pondera a vereda de teus pés, e todos os teus caminhos sejam bem ordenados!

Não declines nem para a direita nem para a esquerda; E retira o teu pé do mal.”” {baseado em Provérbios 4:4-27)

Senhor, hoje nossos corações avaliam suas intenções e apresentam diante de ti as vontades e planos que abrigam.
Muitas vezes militando para que prevaleçam os desejos acompanhados de prazeres e alegrias momentâneas e passageiras. Ou até muitas vezes fugindo do lugar onde iremos ouvir tua voz. Perdão!
Perdão porque fugimos da verdade, fugimos da justiça e esquecemos do teu amor.

Quando queremos muito algo, ensurdecemos para Tua poderosa voz, e depois voltamos chorando com frutos amargos.

Pai, livra-nos do mal!!! limpa nosso olhos e fortalece nossa integridade para que, ainda que seja necessário pagar um alto preço, assim o façamos para obter o Teu favor. E cumprir Teus planos, sem perder tempo ou até mesmo a vida.

Amamos o Senhor. Ensina-nos a guardar nossos corações.

Ficaremos atentos a Sua Palavra e ao seu sussurro que nos protege e zela por nós.

Em nome de Jesus, Amém.

Boa Noite, preciosos! Durmam com Deus!

O Senhor é o nosso Pastor; Nada nos faltará!

Pastora Bianca Toledo