Gênesis 11

Não se esqueça! Você é uma águia feita para vôos altos!

A palavra de vida renova suas forças e amplia sua visão.

Vamos a Leitura ?

Minha intenção é inspira-los a amar a Palavra de Deus tanto quanto eu amo.

Oremos a Ele agora: Espírito Santo de Deus, esteja conosco nessa leitura e nos dê a revelação correta dos teus ensinamentos! Em nome de Jesus!

Vamos lá!!

“” Assim o Senhor os dispersou dali por toda a terra, e pararam de construir a cidade.”” Gênesis 11:8

Aparentemente trata-se de um zigurate, ou seja, uma enorme pirâmide babilônica com terraços em toda a volta.

As escavações arqueológicas encontraram várias construções desse tipo, sendo a mais antiga datada do terceiro milênio antes de Cristo.

Mas o que teria desagradado a Deus em relação à torre de Babel?

Afinal, o avanço tecnológico se deve ao gênio inventivo dos seres humanos, criados à imagem de Deus. O que estaria errado então?

O erro estava na motivação EGOÍSTA de seus construtores.

Primeiramente, eles são culpados por terem desobedecido a Deus. Deus havia deixado uma ordem aos seres humanos: “” Encham e subjuguem a terra””. E essa ordem foi repetida após o dilúvio(1.28 e 9.1). Os descendentes de Noé inicialmente obedeceram, mas quando alcançaram a planície da mesopotâmia, ali se fixaram. (11.2). Em vez de explorar a terra e desenvolver seu potencial, eles se acomodaram e preferiram ficar ali em segurança. O mundo sofre até hoje as consequências dessa desobediência.

Segundo, a construção da torre foi um ato de arrogância de seus construtores. “” Nosso nome será famoso””, eles disseram, “” e não seremos espalhados pela face da terra””, “” pois vamos construir “” uma cidade, com uma torre que alcance o céu”” ( 11.4)

Insatisfeitos em permanecer dentro dos limites terrenos, eles desejavam chegar ao céu, a morada de Deus!

“” A arrogância é a própria essência do pecado.”” John Stott

Não é de admirar que o juízo de Deus tenha caído sobre eles.
Deus os espalhou e para que se dispersassem confundiu suas línguas.

A história de Babel se contrapõe ao episódio ocorrido no grande dia de Pentecostes, quando todas as nações do mundo ouviram falar das maravilhas de Deus, cada uma em sua própria língua.

Nosso Deus é mesmo o mestre da sabedoria e da ciência, e boa sorte tem os homens que desistem de contraria-lo e se rendem a sua vontade.

Vamos ler o texto em uma linguagem simplificada:

GÊNESIS 11 – A TORRE DE BABEL

Naquele tempo todos os povos falavam uma língua só, todos usavam as mesmas palavras.
Alguns partiram do Oriente e chegaram a uma planície em Sinar, onde ficaram morando.

Um dia disseram uns aos outros:
— Vamos, pessoal! Vamos fazer tijolos queimados!

Assim, eles tinham tijolos para construir, em vez de pedras, e usavam piche, em vez de massa de pedreiro.

Aí disseram: — Agora vamos construir uma cidade que tenha uma torre que chegue até o céu. Assim ficaremos famosos e não seremos espalhados pelo mundo inteiro.

Então o Senhor desceu para ver a cidade e a torre que aquela gente estava construindo. O Senhor disse assim:

— Essa gente é um povo só, e todos falam uma só língua.

Isso que eles estão fazendo é apenas o começo. Logo serão capazes de fazer o que quiserem. Vamos descer e atrapalhar a língua que eles falam, a fim de que um não entenda o que o outro está dizendo. ( Seus pensamentos estavam inspirados pela maldade, a ganância e a cobiça). Assim, o Senhor os espalhou pelo mundo inteiro, e eles pararam de construir a cidade.

A cidade recebeu o nome de Babel, pois ali o Senhor atrapalhou a língua falada por todos os moradores da terra e dali os espalhou pelo mundo inteiro.

{ esta parte a seguir cita a genealogia destes povos…Muitos nomes desconhecidos…e muitas gerações. Isso pode dar um nó na sua cabeça, mas são informações importantes por isso leia e no final vou dar uma dica para assimilação.)

São estes os descendentes de Sem. Dois anos depois do dilúvio, quando Sem tinha cem anos, nasceu o seu filho Arpaxade.

Depois disso Sem viveu mais quinhentos anos e foi pai de outros filhos e filhas.

Quando tinha trinta e cinco anos, Arpaxade foi pai de um filho chamado Selá. Depois disso Arpaxade viveu mais quatrocentos e três anos e foi pai de outros filhos e filhas.

Quando Selá tinha trinta anos, nasceu o seu filho Éber. Depois disso Selá viveu mais quatrocentos e três anos e foi pai de outros filhos e filhas. Quando Éber tinha trinta e quatro anos, nasceu o seu filho Pelegue.

Depois disso Éber viveu mais quatrocentos e trinta anos e foi pai de outros filhos e filhas. Quando tinha trinta anos, Pelegue foi pai de um filho chamado Reú.

Depois disso Pelegue viveu mais duzentos e nove anos e foi pai de outros filhos e filhas. Quando Reú tinha trinta e dois anos, nasceu o seu filho Serugue. Depois disso Reú viveu mais duzentos e sete anos e foi pai de outros filhos e filhas.

Quando Serugue tinha trinta anos, nasceu o seu filho Naor. Depois disso Serugue viveu mais duzentos anos e foi pai de outros filhos e filhas. Quando Naor tinha vinte e nove anos, nasceu o seu filho Tera.

Depois disso Naor viveu mais cento e dezenove anos e foi pai de outros filhos e filhas.

Depois que completou setenta anos de idade, Tera foi pai de três filhos: Abrão, Naor e Harã. São estes os descendentes de Tera, que foi o pai de Abrão, de Naor e de Harã. Harã foi o pai de Ló.

Tera ainda vivia quando o seu filho Harã morreu na Babilônia, na cidade de Ur, onde havia nascido. Abrão casou com Sarai, e Naor casou com Milca.
Milca e Iscá eram filhas de Harã. Sarai não tinha filhos, pois era estéril.
Tera saiu da cidade de Ur, na Babilônia, para ir até a terra de Canaã, e levou junto o seu filho Abrão, o seu neto Ló, que era filho de Harã, e a sua nora Sarai, que era mulher de Abrão.

Eles chegaram até Harã e ficaram morando ali. E Tera morreu em Harã, com a idade de duzentos e cinco anos.

(Gênesis 11:1-32 NTLH)

As genealogias na bíblia são importantes para compreendermos as bençãos e maldições que as seguiam e o parentesco entre os principais personagens da bíblia. Então, se quiser ajuda para assimilar estas partes, pegue uma folha em branco e desenhe uma arvore genealógica ou uma rede onde todos os nomes estão ligados. Assim facilitará seu entendimento. Estamos nos aproximando da famosa história de Abraão e Sara, perceberam? Ele foi Pai de grandes nações e um dos heróis da Fé.

Seremos muito edificados nas próximas leituras! Não perca.

Oremos ao Senhor nesta noite:

Pai amado, A sua Palavra é Viva e poderosa para nos alimentar o espírito e a nossa mente tão atacada pelos costumes deste século.
Que a observação da natureza humana de tantos séculos atrás nos mostre que o ser humano sempre agiu em busca de poder e destaque e muitas vezes desagradando ao Senhor. Não permita que isso aconteça conosco. Porque ainda que o homem continue se inclinando para o mal, o Senhor continua eternamente Bom e Poderoso para nos avisar do perigo e nos transformar. Louvado seja o Senhor que esquadrinha nossos corações e nos instrui todos os dias. Dá-nos a Sua Paz esta noite mais uma vez e abençoa nossas famílias. Em nome de Jesus.

Deus abençoe queridos!!!

Deixem seus comentários e perguntas!!! E até amanhã!

Pastora Bianca Toledo.